Uma mulher grávida de cinco meses e seu filho de 11 meses foram assassinados e queimados por um vizinho na última quarta-feira (28), no bairro do Grajaú, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, o responsável pelo crime se entregou dois dias depois e confessou ter praticado a matança.



A dona de casa Jaqueline Novais do Vale, 23 anos, e seu filho de 11 meses foram encontrados mortos e com os corpos queimados dentro de casa, na rua Montenópolis, às 23h do dia 28.

Antes de se entregar, o assassino confesso, Rodrigo Ferreira da Silva, 30 anos, teria dito aos parentes das vítimas que ainda tentou apagar o fogo.

Nas redes sociais, um cunhado da vítima compartilhou um texto chamando o assassino de “demônio disfarçado de servo de Deus”. O motivo do crime não foi informado pela polícia. A defesa de Silva não foi encontrada. Com informações da Folhapress.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here