“Umarizal está de parabéns”: após inspeção, supervisores da VI URSAP reconhecem trabalho da Secretaria de Saúde no combate às doenças transmitidas pelo aeds aegypti

0
53

A supervisora geral da 6ª Unidade Regional de Saúde de Pau dos Ferros (VI URSAP), Hildérica Dantas elogiou o trabalho que as equipes de saúde de Umarizal vem desenvolvendo no combate às doenças transmitidas pelo mosquito aedes aegypti. Ela, acompanhada do supervisor geral José Dantas, esteve nesta terça-feira, 15, no município fazendo uma inspeção autorizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

“Nós viemos aqui hoje fazer uma inspeção a mando da Promotoria. Houve uma reunião há quinze dias e o MPRN escolheu cinco municípios da nossa jurisdição que abrange que é 37 municípios”, detalhou Hilderica. Segundo a supervisora, Umarizal foi escolhida por fatos antes de 2017, quando a gestão não estava desenvolvendo trabalho contra as endemias e o município vivenciava um surto de dengue. “Como a gestão anterior talvez tenha sido mais relaxada, a Promotoria agora que mandou a gente vir fazer essa inspeção”, explicou.

Segundo Hildérica, a Saúde municipal merece os parabéns, pois está conseguindo garantir a cobertura de mais de 80% das residências a cada ciclo de visitações dos agentes. “São seis períodos de trabalho, de visitação das residências, e nos quatro períodos até aqui, Umarizal trabalhou mais de 80% em todos os imóveis, coisa que anteriormente não estavam acontecendo”, disse.

Bloqueio

Os supervisores da VI URSAP também acompanharam o trabalho de bloqueio contra o mosquito realizado pela Secretaria Municipal de Saúde na rua Joaquim Clemente, após moradores suspeitarem de um surto de dengue na localidade.

“Chegamos aqui e encontramos esse trabalho de bloqueio. Houve alguns casos suspeitos de dengue. Eles estavam fazendo o bloqueio, verificando onde está o foco para fazer a eliminação. Orientamos também a solicitar os exames de sangue para fazer o teste nestas pessoas que estão com suspeita pra ver se eles estão realmente com dengue ou outra doença transmitida pelo mosquito”, comentou Hildérica.

Moradores da localidade elogiaram o trabalho da prefeitura. É o caso de seu Antônio da Costa. “Estou muito grato com esse trabalho tão importante, tão maravilhoso que os agentes estão fazendo. Uma coisa de primeira. Os funcionários estão de parabéns pelo trabalho que está nos defendendo do mosquito. Assim as coisas vão pra frente”.

Umarizal está há 2 anos e 10 meses sem casos confirmados dengue, zika e chikungunya, segundo confirmou a SMS. O tempo sem registro das doenças se dá a intensificação do trabalho das equipes de saúde, principalmente dos agentes de endemias, desde que a prefeita Elijane Paiva assumiu o governo municipal em 2017.