Construtor que sobreviveu a atentado em Mogi foi assassinado em Itaquaquecetuba — Foto: Polícia/Divulgação

O construtor João José dos Santos, de 63 anos, foi assassinado no final da manhã deste segunda-feira (24), em Itaquaquecetuba. Há um mês, ele sofreu um atentado a bala e se fingiu de morto para conseguir ir até um posto policial, em Mogi das Cruzes, onde foi socorrido.




A ocorrência desta segunda-feira foi na Rua dos Vereadores, no Jardim Maria Elisa. Um homem, que também estava no local, foi baleado em uma das pernas e socorrido por populares ao Santa Marcelina. O G1 busca informações sobre o estado de saúde dele.

Segundo as primeiras informações colhidas pela polícia no endereço do crime, um homem baixo, negro, magro, com uma bolsa e alguns envelopes chegou ao local perguntando o nome da rua e, logo em seguida, efetuou vários disparos de arma de fogo contra João, que foi atingido na região da cabeça e dorsal.

De acordo com a polícia, quando a equipe chegou ao local João já estava morto.

Construtor morre na Rua dos Vereadores, em Itaquaquecetuba. — Foto: Polícia/Divulgação
Construtor morre na Rua dos Vereadores, em Itaquaquecetuba. — Foto: Polícia/Divulgação

De acordo com o boletim de ocorrência do primeiro atentado, o crime aconteceu na noite da segunda-feira 20 de agosto. Ele foi atingido depois que desconhecidos pediram ajuda para arrumar o carro. Após os disparos, a vítima fingiu que estava desacordada e foi até um posto policial, onde foi socorrida.

Ainda segundo a polícia, o homem que efetuou os disparos conseguiu fugir do local do crime.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here