Secretaria Municipal de Saúde age rápido e realiza bloqueio contra dengue em rua com casos suspeitos

0
30

Após relatos de moradores da rua Joaquim Clemente sobre um possível surto de dengue e chikungunya, equipes da secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram até o localidade e fizeram um bloqueio contra as doenças no perímetro entre as casas com casos suspeitos. A ação foi desenvolvida por agentes de endemias e de saúde. O secretário municipal de Saúde Ubiratan Paiva e a coordenadora da Atenção Básica, Liane Amorim acompanharam o trabalho.

“Essa é uma ação de proteção. Até o momento os casos são suspeitos apenas, mas caso se confirmem, esse trabalho garante que eles não se espalhem, pois trabalhamos diretamente nos focos encontrados na área”, comentou Ubiratan.

Também acompanhou o trabalho da Saúde municipal, equipe da 6ª Unidade Regional de Saúde de Pau dos Ferros (VI URSAP). Eles vieram fazer uma inspeção autorizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte e aproveitaram para ver a ação. O supervisor geral da VI URSAP, José Dantas elogiou o trabalho do município no combate às endemias.

“Por aqui está tudo tranquilo, constatamos um trabalho bem realizado. Está faltando alguma coisa, mas essa relação eu farei e entregaria ao secretário para que as atitudes sejam tomadas, mas estamos gostando muito”, comentou o supervisor.

Durante a ação, os agentes visitaram as casas com casos suspeitos, conversaram com moradores e vistoriam quintais e caixas d’água. Os focos encontrados foram prontamente eliminados. Os pacientes com suspeita das doenças passarão por exames para confirmar ou descartar os casos.

Umarizal está há 2 anos e 10 meses sem casos confirmados dengue, zika e chikungunya, segundo confirmou a SMS. O tempo sem registro das doenças se dá a intensificação do trabalho das equipes de saúde, principalmente dos agentes de endemias, desde que a prefeita Elijane Paiva assumiu o governo municipal em 2017.