Assaltantes deixam o carro do motorista de aplicativo e roubam um segundo veículo, um HB-20 de um idoso que havia estacionado o carro para ir caminhar na praça — Foto: Reprodução/vídeo

Um motorista de um aplicativo passou por maus momentos na madrugada desta quarta-feira (29) em Natal. Feito refém por dois assaltantes, ele foi obrigado a dirigir para a dupla por quase duas horas. Boa parte deste tempo ele ainda foi trancado na mala do carro. Segundo a vítima, os bandidos procuravam alguém para matar.




Em depoimento à Polícia Civil, o motorista contou que foi rendido pelos assaltantes por volta das 3h30, após receber um chamado para atender a uma corrida. Detalhe: a solicitação da viagem veio em nome de uma mulher, que não existia.

A solicitação da corrida veio pelo aplicativo, no qual o nome da passageira aparecia como Carol. A suposta mulher pedia para ser encontrada em uma padaria na Av. Antônio Basílio, na Zona Sul da cidade. Porém, ao chegar ao ponto de partida, dois homens apareceram armados e o renderam.

Forçado a entrar no seu próprio carro, um Renault Clio, o motorista disse que partiu com os dois criminosos com destino ao bairro de Nova Descoberta. A dupla dizia que estava procurando alguém para matar.

Os bandidos também ameaçaram o motorista. Eles disseram que, se eles cruzassem com alguma viatura da Polícia Militar e o motorista fizesse qualquer sinal de que estava em apuros, ele seria morto na mesma hora.

Após transitar pelo bairro, os assaltantes mandaram o motorista parar o carro, o colocaram na mala e rodaram com ele trancado por uma hora aproximadamente. Porém, em um determinado momento, o carro começou a apresentar problemas. O motorista foi retirado da mala, novamente colocado na direção e mais uma vez forçado a dirigir para a dupla.

Já por volta das 5h10, os bandidos ordenaram que ele parasse o veículo quando perceberam um idoso estacionar o carro em uma praça no bairro de Lagoa Nova. O idoso havia estacionado o carro para poder caminhar na praça.

Ainda de acordo com o depoimento, o motorista contou que os assaltantes o libertaram porque queriam um carro mais possante para que eles pudessem continuar procurando a pessoa que eles diziam estar atrás para matar. Foi quando saltaram do carro do aplicativo e abordaram o idoso.

Rendido pela dupla, o idoso entregou as chaves do carro, um Hyundai HB-20, e os bandidos fugiram levando o veículo.




O motorista do aplicativo deu queixa na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal, relatando que a dupla levou dele o aparelho celular e R$ 145 em dinheiro. Já o idoso, deu queixa do roubo do HB-20.

De acordo com relatório da Polícia Militar, desde o registro do assalto ao motorista de aplicativo até o início da manhã desta quarta não havia registro de homicídios na capital potiguar.

A PM também informou que esta não é a primeira vez que um motorista de aplicativo parte para atender uma viagem em nome de uma mulher, e que ao chegar ao local combinado da corrida se depara com assaltantes.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here