Caso é investigado pela Delegacia da Mulher, em Goianésia, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um professor de 30 anos de idade foi preso, na quarta-feira (26), suspeito de estuprar uma aluna de 13 anos de idade, em Goianésia, na região central de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o caso veio à tona depois que o pai da adolescente descobriu que o homem havia levado a filha dele para um motel da cidade.




Segundo a delegada Poliana Bergamo, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia, responsável pelas investigações, a corporação suspeita que outras alunas podem ter sido vítimas do professor.

“Após ouvir algumas testemunhas que relataram que o professor mantinha conduta inapropriada dentro de sala de aula, com brincadeiras de caráter sexual, erótica, representamos pela decretação da prisão temporária, o mandado de prisão já foi cumprido. Ele foi ouvido, interrogado e recolhido no presídio local”, revelou a investigadora.

G1 não conseguiu localizar a defesa do professor até a última atualização desta reportagem.

O homem foi preso na tarde de quarta-feira, em Goianésia. Conforme apurou a TV Anhanguera, o pai descobriu que o professor, antes de levar a adolescente para um motel, onde, segundo a corporação, manteve relações sexuais com ela, ele havia pedido fotos íntimas à menor de idade.

O professor deve responder por estupro de vulnerável, quando a vítima do abuso sexual tem menos de 14 anos. Se condenado, o homem pode ficar mais de 8 anos preso.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here