A praça Antídio Coringa, no bairro São José se tornou espaço de cultura na noite desta sexta-feira, 24, ao receber o Conexão Elefante Cultural. Com o apoio da Prefeitura de Umarizal, através da Secretaria Municipal de Educação, o projeto promoveu um grande espetáculo reunindo o trabalho de três companhias culturais do Rio Grande do Norte, incluindo a Cia. Arte e Riso de Umarizal.

“A cada ano a gente lança um edital público onde qualquer espetáculo, qualquer ação de teatro, dança ou circo do Estado pode se inscrever. Esse ano foram dois daqui do interior, Mossoró e Umarizal, e um de Natal. Eu pego esses três trabalhos, fazemos um redução pegando pedaços de cada um e fazemos a ligação transformando em um único espetáculo que é a Trupe da Luz”, explicou a diretora e produtora do projeto, Diana Fontes.

A praça do São José ficou tomada de pessoas que foram assistir à apresentação da trupe. O espetáculo foi antecedido pela exibição do grupo de capoeira da angola de Umarizal. Os artistas do projeto ainda realizaram um cortejo saindo de frente da Escola Municipal Tancredo Neves até o local do espetáculo.

“Nosso objetivo é trazer as pessoas pra rua, fazer as pessoas saírem de dentro de casa e desse mundo virtual pra dá risada, sentir prazer. Nunca mais essas pessoas vão passar aqui e deixar de lembrar do espetáculo que assistiram, das risadas que deram. Isso é um desenvolvimento social e cultural que não tem preço”, destacou Diana.

Presente, o secretário de Educação, Bruno Bezerra, que também articula as mobilizações artísticas com o apoio da prefeitura municipal, disse que o município está de portas abertas para receber, apoiar e incentivar projetos do porte do Conexão Elefante Cultural.

“A Prefeitura de Umarizal, em nome da prefeita Elijane, agradece a parceria com o projeto. Sempre que houver uma ação desse porte, Umarizal se encontra de portas abertas. Cultura e arte é vida e devemos enquanto poder pública incentivar e apoiar”, disse Bruno.

Oficinas

Antes do espetáculo na praça, o projeto promoveu uma oficina artística com crianças e adolescentes nas dependências da escola Tancredo Neves. De acordo com assessora de comunicação Cecília Oliveira, a proposta da ação é promover a integração dos artistas da Trupe da Luz com a comunidade local.

É uma oficina artística que a gente faz em todos os municípios sempre antes da nossa apresentação onde cada grupo faz um trabalho de acordo com seu seguimento. Pessoal da dança trabalha preparação corporal, pessoal do teatro faz jogos teatrais e o pessoal do circo faz outras movimentações de corpo e características do circo”, detalhou.

Conexão Elefante Cultural

O projeto Conexão Elefante Cultural une dança, teatro e circo e leva apresentações gratuitas aos locais por onde passa por meio de um caminhão customizado, adesivado e adaptado que movimenta a Trupe da Luz. Este ano, a espetáculo percorre 14 municípios. Ao final desta edição, o projeto já terá chegado à 52 municípios do Rio Grande do Norte.

Com a missão de levar arte a diferentes lugares do estado potiguar, o projeto tem na sua “Trupe da Luz” os grupos Cia Arte do Riso, de Umarizal; Coletivo Cida e Sociedade T, de Natal; e Cia Pão Doce de Teatro, de Mossoró.

Idealizado e Coordenado pela diretora cênica e produtora cultural, Diana Fontes, a turnê da Trupe da Luz 2019 começou semana passada e já passou pelas cidades de Pendências, Guamaré, Ielmo Marinho e Martins. O projeto tem o patrocínio da COSERN/Instituto Neoenergia, através da Lei Câmara Cascudo e Governo do Estado e Fundação José Augusto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here