REPRODUÇÃO/VÍDEO G1

Horário de expediente, vereador viajando para cumprir agenda de trabalho, servidora de “bobeira” convida para dançar forró, um ex-servidor da Câmara Municipal de Santarém, no oeste do Pará. A cena foi protagonizada pela secretária parlamentar do gabinete do vereador Didi Feleol (PDT), na terça-feira (28), aproveitando a ausência do parlamentar que estava em Vila Curuai, participando da instalação do Conselho de Segurança do Lago Grande.




Identificada como Leoriane Cerdeira da Silva, a secretária parlamentar aparece em um vídeo postado em rede social, dançando forró com Thiago Gomes Barbosa que foi sercretário parlamentar o gabinete de Didi Feleol até março de 2018. Surpreendeu os internautas a legenda colocada pela autora da postagem: “Quando as pessoas não têm o que fazer no trabalho”.

O vídeo teria sido feito por outra servidora do gabinete do vereador Didi Feleol, Alzeane de Sousa Farias, também secretária parlamentar, que fez a postagem em rede social. A postagem causou indignação aos internautas que não esperam esse tipo de conduta de servidores pagos com dinheiro público em seu ambiente de trabalho, e gerou uma série de comentários:

“Eles tão fazendo o q muitos vereadores de Santarém anda fazendo…. NADA!

Só mamando as nossas custas!!! Novidade nenhuma!”, disse uma internauta.

“Tou dizendo que a Câmara de Santarém virou uma bagunça…normal isso, palhaçada”, disse outro internada.

“Só acho que lugar de trabalho não e pra dançar”, avaliou outro.

“Puts, acabando com a moral do vereador, isso não pode acontecer galera, falta de respeito com o mesmo sem sua presença”, opinou outro.

“Cadê o profissionalismo desse povo? Cadê o vereador? Quando o gato sai, os ratos fazem a festa”, indagou outro internauta.

“Misericórdia Santarém virou casa da mãe Joana”, satirizou outro.




Esclarecimento

Por meio de nota, o vereador Didi Feleol (PDT) confirmou que no dia em que foi feito o vídeo da dança em seu gabinete, tanto ele quanto o seu chefe de gabinete estavam em viagem para a região do Lago Grande cumprindo agenda de seu mandato, e que somente tomou conhecimento do episódio ao acessar as redes sociais.

Esclarece que seu mandato zela pelos princípios constitucionais da administração pública e que seus assessores são orientados para a observância de tais preceitos e fiel atendimento às demandas parlamentares.

Em relação ao vídeo, informou que está sendo apurado e que “as medidas administrativas cabíveis deverão ser tomadas, na forma da lei, para responsabilização dos servidores do gabinete do referido parlamentar que estiverem envolvidos”.

Providências

A Câmara de Vereadores de Santarém também enviou nota ao G1referente ao vídeo em que pessoas aparecem dançando no interior de um gabinete. A Câmara esclarece que as providências administrativas em relação aos envolvidos foram tomadas pelo respectivo vereador, uma vez que, dentre estes, existem assessores parlamentares, os quais estão sob a alçada e autoridade do parlamentar.

Por fim, ressaltou que tem oferecido o apoio técnico e jurídico necessários ao vereador para dirimir a questão, bem como que o homem que aparece na imagem não integra o quadro de servidores do Poder Legislativo.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here