Brinquedo de onde Felipe Souza Lima foi arremessado — Foto: Jailton Pereira/Portal Caparaó/Foto cedida

Um jovem de 19 anos foi arremessado de um brinquedo em um parque de diversão na cidade de Luisburgo, na Zona da Mata de Minas Gerais, na madrugada deste sábado (22). Felipe Souza Lima estava com amigos no Samba, quando se levanta e voa do brinquedo.




Ele segue internado nesta segunda-feira (24). Segundo o pai, João Batista, o filho foi socorrido inconsciente, com sangramento e entrou em coma.

O Hospital César Leite informou que ele teve traumatismo craniano, respira sem aparelhos e não está em coma. Ainda segundo a unidade de saúde, o paciente se recupera bem na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), tem quadro estável e, por enquanto, não há necessidade de cirurgia. Antes, ele passou por uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

Felipe Souza Lima, 19 anos, arremessado do briquedo Samba — Foto: Reprodução/Redes sociais
Felipe Souza Lima, 19 anos, arremessado do briquedo Samba — Foto: Reprodução/Redes sociais

Felipe é servente de pedreiro e havia bebido no parque antes, segundo o amigo Ludgero Bragança, que filmou o grupo se divertindo e o acidente que acontece na sequência. Ele disse estar em choque e que tentou levar o amigo embora antes do ocorrido.

“O Felipe havia bebido e tentei impedir de ir no brinquedo. Eu tentei evitar, mas ele não queria parar. Ele saiu da casa dele comigo e aconteceu essa tragédia. Estou em choque até hoje”, disse Bragança.

Felipe aparece de camiseta azul e bermuda vermelha e, em alguns momentos, se levanta do banco, enquanto o brinquedo gira. Em dado momento, ele não consegue se segurar e é arremessado.




Com a queda, o jovem desmaiou. “Ele estava desmaiado, esticado no chão e saindo bastante sangue do rosto dele”, disse. Segundo o amigo, Felipe recebeu os primeiros-socorros no parque e depois seguiu de ambulância até o hospital.

Um boletim de ocorrência foi feito pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o registro da corporação, o parque estava liberado pelo setor de prevenção dos bombeiros. Depois do acidente, foi solicitada a presença do engenheiro responsável pelo laudo técnico, o qual não compareceu, segundo a ocorrência. Em função disso, o brinquedo foi interditado até apresentação do laudo.

A reportagem entrou em contato com o gerente do parque, que informou que o local está regularizado e que está prestando assistência à família.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here