Briga aconteceu em unidade de pronto atendimento em Rio Preto — Foto: Reprodução/TV TEM

Uma briga foi registrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jaguaré, em São José do Rio Preto (SP), depois que uma paciente de 40 anos alegou que reconheceu o homem que a estuprou há seis anos.




Uma câmera de segurança registrou quando dois pacientes começaram a brigar no meio da sala de espera.

De acordo com o boletim, a confusão aconteceu porque a mulher que esperava atendimento médico afirmou ao filho que reconheceu o suposto estuprador dentro da UPA.

Ainda segundo o registro, o filho foi para cima do suspeito e a briga começou.

De acordo com a Guarda Municipal, o vigilante da UPA tentou apartar a briga e chamou a corporação.

O caso foi parar no plantão policial e um boletim de ocorrência foi registrado. A mulher foi orientada a procurar a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). O suspeito do abuso negou as acusações.

Confusão aconteceu após mulher reconhecer possível homem que a abusou — Foto: Reprodução/TV TEM

Confusão aconteceu após mulher reconhecer possível homem que a abusou — Foto: Reprodução/TV TEM




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here