Apesar de não está participando dos festivais juninos este ano, a quadrilha Encanto do Nordeste de Umarizal segue presente e viva nos arraiais que estão acontecendo no município. Prova disso foi a apresentação da quadrilha Alegria do Sertão da Escola Estadual Zenon de Souza nesta quarta-feira, 19. Alguns dos principais integrantes da Encanto participaram diretamente do espetáculo montado para a escola, que foi aplaudido de pé pelo público que assistiu.

“É um grupo bem engajado e que foi norteado pela Encanto do Nordeste. A apresentação de ontem foi um show”, comentou o dançarino da Encanto, Romário Adriano. Ele foi o marcador da junina da Zenon.

Além do marcador da Encanto, a Alegria do Sertão contou com a coreografia montada pelo casal Deivys Augusto e Letícia, também membros da Encanto do Nordeste. A temática da junina escolar também foi produzida por um encantado. Léo Alves assina o enredo que lembra dos raízes das festas juninas e sua história.

“O tema da Alegria do Sertão é a Agulha do Destino: saudades e lembranças de um tempo que passou. Tempo, senhor de todos nós. Uma temática que traz a tradição passada”, comenta Romário.

O espetáculo homenageou figuras tradicionais dos antigas arraiais promovidos em Umarizal. Aurélia Alencar, Cleto, Roberto marcador e Eliana foram lembrados na apresentação. “Eles como donos da tradição de antigamente, donos de um São João de histórias e responsáveis por promover a cultura junina em Umarizal”, detalhou Romário. “Cleto há mais de 40 anos faz São João em Umarizal”, complementou.

A apresentação da junina da Zenon de Souza chamou a atenção da plateia que acompanhou a apresentação na quadra da escola. O público aplaudiu de pé o espetáculo que já é considerado um dos mais bonitos da história junina do município. “Público prestigiou, parabenizou e aplaudiu de pé”, acrescentou Romário.

2019

O espetáculo da junina da Zenon de Souza mostrou o que poderá vir em 2020 no novo projeto da Encanto do Nordeste. A quadrilha umarizalense é uma das maiores do Rio Grande do Norte e a expectativa é que, com um ano de folga, o trabalho do próximo ano deva ser um dos maiores já apresentados.

Outra novidade que pode vir a partir da apresentação da junina Alegria do Sertão é projeto mirim da Encanto do Nordeste. O trabalho ainda não foi confirmado pela diretoria da quadrilha, mas a apresentação das crianças e adolescentes da Zenon de Souza inspirou os componentes. “Será que essa não é a Encanto do Nordeste mirim? Dois mil e vinte é logo ali. Encanto do Nordeste te espera”, finalizou Romário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here