Um dos reeducandos foi transferido para o Hospital de Base em Bauru (Foto: Reprodução / TV TEM)

Dois reeducandos do Centro de Progressão Penitenciária 1 foram internados, em estado grave, depois de tomarem uma garrafa de carrapaticida achando que era cachaça. A Polícia Civil investiga o caso e ficou sabendo da ocorrência na noite de sexta-feira (31).




De acordo com o boletim de ocorrência registrado no plantão policial, os reeducando começaram a reclamara de dor abdominal e vômito.

O agente então perguntou se tinham ingerido alguma coisa diferente e eles disseram que beberam uma garrafa de cachaça que tinha sido furtada do veículo que que fornece refeição para a empresa que trabalham.

O agente, então, ligou para o motorista e ele disse que não era cachaça, mas sim carrapaticida. Os dois reeducandos foram levados para a UPA do Bela Vista, mas um deles precisou ser transferido para a UTI do Hospital de Base por conta da gravidade.




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here