© REUTERS

Durante comício em Rio Branco, no Acre, no início da tarde deste sábado (1º), o candidato a presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que policial bom não é o que morre, mas o que atira. Se for eleito, afirmou, policiais terão “segurança jurídica para atuar”.




“Se matou vagabundo, não será processado, mas condecorado”, disse ele.

Bolsonaro afirmou ainda aos eleitores acrianos que, em sua gestão, questões indígenas ou ambientais não iriam mais atrapalhar o progresso do estado. “Não podem ser empecilhos para o desenvolvimento econômico.”

Após o comício, o candidato deu início a uma carreata, que se encerrará com mais um discurso. Com informações da Folhapress.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here