(Foto:PM/MT)

Um homem de 36 anos foi preso na tarde deste sábado (11) por atirar contra três cães – e matar dois deles -, após uma discussão. O caso aconteceu em uma chácara na zona rural de Tangará da Serra (245 km de Cuiabá). Ao efetuar a prisão, a Polícia Militar ainda apreendeu quatro armas de fogo e mais de 1,2 mil munições na casa do suspeito.




Segundo o Boletim de Ocorrência, dois adolescentes teriam ido tomar banho em uma represa e a esposa do suspeito teria discutido com os jovens, já que o casal não queria que eles tomassem banho ali. A mãe dos adolescentes, no entanto, disse que a represa seria de uso coletivo da comunidade rural. Após a discussão, a esposa teria chamado o homem, que já chegou armado ao local e atirou em três cães.

Dois dos animais não resistiram aos ferimentos e morreram. Um deles sobreviveu e foi levado a um Pet Shop da região. Ao atenderem a ocorrência, os policiais apreenderam com o homem quatro armas de fogo, sendo elas duas pistolas calibre 380, uma carabina e uma espingarda, além da munição.

Ao questionarem o suspeito sobre a posse das armas, ele disse ser atirador e que possuía o registro de todas elas, no entanto, apenas duas estavam devidamente legalizadas.

Aos policiais, o criminoso contou uma versão diferente sobre o ocorrido. De acordo com seu depoimento, os dois adolescentes teriam ido à represa, como de costume, e ele teria ido ligar a bomba d’água. Neste momento, cinco cachorros teriam avançado nele e ele teria efetuado os disparos para se proteger.

O homem foi encaminhado para o Cisc de Tangará da Serra e em seguida para a delegacia. Ele pode ser enquadrado por maus tratos e crueldade contra animais, crime que prevê pena de três meses a um ano de detenção.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here