Um homem de 47 anos foi atingido por um tiro na virilha, na tarde dessa terça-feira (06), na praça central do Bairro Camping Clube, em Sinop (500 km de Cuiabá). A tentativa de homicídio foi motivada por uma discussão entre a vítima e o suspeito em um grupo no aplicativo WhatsApp.




A Polícia Militar foi acionada no Hospital Regional de Sinop, para onde a vítima foi levada após ser atingida pelo disparo.

No local, a vítima relatou aos policiais que, durante o horário de almoço dessa terça-feira (06), teve uma discussão com o suspeito – proprietário de uma empresa de aluguel de campos de futebol – no grupo de WhatsApp do bairro. Depois da discussão, o suspeito foi até a casa da vítima e disse: “eu te espero lá na praça” e saiu, consta no boletim de ocorrência.

Com a intenção de conversar com o empresário e resolver o problema, o homem foi de carro até a praça central do bairro e sentou na traseira de sua camionete, para aguardar a chegada do colega.

Porém, o acusado já chegou retirando uma arma da cintura e indo em direção à vítima, que reagiu indo até o suspeito para tentar tirar a arma da mão dele.

Os dois iniciaram uma briga e, em meio à confusão, um tiro foi disparado, atingindo a virilha da vítima, que ainda conseguiu entrar em seu carro, ir até sua casa e pedir socorro ao Corpo de Bombeiros.

Ele foi encaminhado pelos bombeiros ao Hospital Regional de Sinop, onde recebeu atendimento médico. A Polícia Militar foi acionada e a vítima indicou o endereço do suspeito – já que ambos moram no mesmo bairro. A equipe policial realizou rondas pela região, mas o suspeito não foi encontrado.

O sargento PM Tadeu, que atendeu a ocorrência, disse ao LIVRE que, apesar do susto, a vítima passa bem. “O estado de saúde da vítima é considerado estável, porém, ele ainda está sob cuidados médicos no Hospital Regional de Sinop”.

Ainda de acordo com sargento, a equipe policial estava a caminho do local do crime, quando viu moradores acenando para que a equipe do Corpo de Bombeiros parasse e prestasse os primeiros-socorros.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio doloso.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here