Serrinha dos Pintos é a 15ª cidade a entrar em colapso no abastecimento

10

Serrinha dos Pintos é a 15ª cidade atendida pela Caern a entrar em colapso no abastecimento por falta de água nos dois açudes que atendiam a cidade: o Camarão e o Walter Magno.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) mantém ainda o abastecimento no distrito de Serrinha do Canto, no município de Serrinha dos Pintos, que recebe água do açude Poção com racionamento porque o volume de água está com nível baixo, podendo secar em pouco tempo, segundo informou o gerente regional da Caern, Esmeraldo Alves do Nascimento.

No quarto ano consecutivo de seca, a companhia está com 76 cidades abastecidas através de rodízio, sendo 25 cidades localizadas na região do Alto Oeste potiguar, 11 na região Agreste, 12 na Central, 13 no Oeste e 16 no Seridó. O colapso atingiu 10 cidades do Alto Oeste e 05 no Seridó. Enquanto permanecer o colapso, a Caern manterá o faturamento suspenso e o abastecimento passa à responsabilidade das respectivas prefeituras junto a Defesa Civil do Estado e Exército que atendem a população, em caráter emergencial, por meio de carros-pipa.

Poços

Segundo dados do engenheiro da Caern Anderson Araújo de Souza, para amenizar a crise da água em Pau dos Ferros e região, foram perfurados alguns poços. Mas a água apresentou-se salobra, sendo imprópria para consumo.

As demais cidades que estão em colapso são: Acari, Antônio Martins, Carnaúba dos Dantas; Currais Novos, João Dias, Luiz Gomes, Paraná, Pilões, Rafael Fernandes, São Miguel, Tenente Ananias, Frutuoso Gomes, Timbaúba dos Batistas e Jardim de Piranhas.

As 76 cidades do Estado abastecidas em sistema de rodízio, recebem água em períodos ou dias alternados para aumentar o tempo de permanência do produto nos mananciais. Dessas 76 cidades, 25 estão na região Alto Oeste, 11 na região Agreste, 12 na região central, 13 no Oeste e 15 no Seridó. A Caern continua preocupada com a falta d’água nos reservatórios e vem desenvolvendo ações de parceria junto aos diversos órgãos que trabalham no combate aos efeitos da seca.

Do Nominuto