Um detento da Penitenciária Estadual do Seridó, o Pereirão, em Caicó, no Rio Grande do Norte, ficou com o braço preso em uma ‘toca’, que é um buraco usado pelos presos para esconder materiais ilícitos. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (20). Os bombeiros foram chamados e tiveram que quebrar o beliche e o chão para retirar o braço do detento.



“Estávamos fazendo uma operação de rotina com o auxílio do Grupo de Escolta Penal e o detento disse que não podia sair porque tinha ficado preso”, disse o diretor da unidade, Ubirajara Araújo.

Os bombeiros precisaram ser chamados para retirar o detento que estava preso. A ‘toca’ foi escavada na parede, debaixo de um dos beliches da cela, que precisou ser quebrado para o homem ser retirado. Os bombeiros demoraram meia hora para retirar o detento, que teve escoriações leves.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here