Suspeito reclamou do horário e começou as agressões Reprodução/ Record TV Itapoan

Uma mulher foi parar no hospital após ser brutalmente agredida pelo companheiro no bairro de Periperi, em Salvador. A vítima precisou ficar três dias internada na Unidade de Pronto Atendimento devido à gravidade dos danos causados por todo o corpo.



— Ele me deu tapas, murros, pisou na minha cabeça, pisou no meu estômago, me puxou pelos cabelos em frente a nossa casa.

Ela contou que tinha ido para uma palestra do trabalho, no sábado (29), e depois saiu para beber com uma amiga. Ao voltar para casa, o companheiro não estava e ela continuou a beber do lado de fora do imóvel. A mulher conta que quando o suspeito chegou reclamou que ela tinha voltado tarde para casa e começou as agressões.

Ainda de acordo com a vítima, um homem ainda tentou defendê-la e foi esfaqueado no braço pelo suspeito.

— Eu não vi ele dando a facada, mas falaram comigo quando eu fui pegar as minhas coisas na nossa casa.

A mulher contou que após as agressões ela foi à Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher) e foi orientada a primeiro procurar atendimento médico e, só depois, ir fazer a queixa. Ao ter alta da unidade de saúde, na manhã desta terça-feira (2), a vítima voltou à delegacia para fazer o B.O. (Boletim de Ocorrência).

A polícia foi até a casa do casal, na Nova Divineia, mas o suspeito fugiu.



A vítima, que completa 25 anos nesta quarta-feira, está com o suspeito há 12 anos. Toda a família da mulher mora no interior da Bahia e ela não tem parentes na capital baiana.

A mulher contou que já perdeu as contas de quantas vezes foi agredida pelo companheiro, mas afirmou que ele sempre pedias desculpas, ela acabava perdoando e nunca deu queixa do suspeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here