Estudo acompanhou 159 casais por duas semanas Thinkstock

Pessoas que mantêm vidas sexuais ativas e saudáveis têm mais chances de gostar de seus empregos, de manter a produtividade durante o trabalho e receber promoções, além de serem capazes de equilibrar suas vidas pessoal e profissional com mais facilidade. É o que afirma um estudo produzido pela Oregon State University.

Segundo o artigo realizado pela universidade, manter um relacionamento saudável que inclua uma vida sexual ativa mantém os trabalhadores felizes e engajados em seu trabalho, o que beneficia tanto eles mesmos, como seus empregadores. O estudo acompanhou 159 casais casados e empregados durante duas semanas, e concluiu que ambos homens e mulheres são mais produtivos após uma noite de sexo.

Keith Leavitt, um dos coordenadores da produção acadêmica, afirma que as pessoas que se mostravam mais produtivas haviam deixado o estresse relacionado ao trabalho em casa, para se permitir um momento agradável ao lado dos parceiros em casa. O efeito pareceu durar pelo menos 24 horas, e os níveis de produtividade foram percebidos de forma equivalente em homens e mulheres.



As relações sexuais liberam dopamina, um neurotransmissor associado com os centros de recompensa cerebrais. Elas também são responsáveis pela oxitocina, que tem a ver com laços sociais.

Leavitt afirmou que o estudo confirma a importância do sexo para a saúde.

— Isso é um lembrete de que o sexo tem benefícios sociais, emocionais e psicológicos, e que é importante fazer dele uma prioridade.

Apenas crie tempo para isso, porque fazer um esforço intencional para manter uma vida sexual saudável deveria ser considerado uma questão de sustentabilidade humana, já que um dos resultados é um potencial avanço na carreira.