Dono de lotérica e agredido com coronhadas e é algemado durante assalto

Estabelecimento já foi assaltado três vezes no bairro da Boca do Rio, Salvador

665

O dono de uma lotérica viveu momentos de pânico durante um assalto no bairro da Boca do Rio, em Salvador. Um dos sócios, irmão da vítima, José Salvador contou que o estabelecimento já foi assaltado três vezes.

— Tem que esfriar a cabeça, se apegar a Deus. O que a gente vai fazer? Tem que trabalhar para sobreviver.

Pelo chão, documentos, contas e bilhetes de apostas espalhados pelo chão. Os monitores e câmeras de segurança também foram danificados. Além disso, os bandidos ainda levaram os dispositivos onde as imagens das câmeras são armazenadas.

A vítima contou que mesmo sem reagir foi agredida com socos e coronhadas pelos criminosos e ainda algemado. Seu Manuel só foi solto por policiais militares que foram chamados por clientes do estabelecimento. Ele foi levado para uma unidade de saúde e, posteriormente, para a delegacia da Boca do Rio, onde registrou ocorrência.

2612