Com ajuda de ‘teresa’, dois presos fogem de penitenciária no RN

Fuga aconteceu neste domingo (19) na Penitenciária Agrícola de Mossoró. Pelo menos 80 detentos já fugiram do sistema penitenciário este ano.

0
228
Penitenciária Mário Negócio, em Mossoró, também registrou motins (Foto: Sara Cardoso/InterTV Cabugi)

Dois detentos escaparam da Penitenciária Agrícola Mário Negócio, em Mossoró, durante o horário de visitas neste domingo (19). De acordo com a administração do presídio, os presos fugiram usando uma ‘teresa’ – espécie de corda feita com lençóis emendados.

A direção da unidade identificou os detentos como Bruno Henrique de Lima Alves e Bruno da Silva. A fuga foi percebida pelos agentes, mas eles não conseguiram evitar.

Na quinta-feira (15) os presos da unidade fizeram um motim. A ação durou cerca de 40 minutos. Alguns detentos ficaram feridos, mas nenhum morreu. “Os detentos quebraram o pergolado, que é a divisória entre dois pavilhões, e tentaram matar rivais”, disse o sercretário de Justiça e da Cidadania, Wallber Virgolino.

De acordo com o secretário, os agentes interviram para evitar o confronto entre os presos.  Eles subiram até o telhado da unidade, ameaçando os rivais. “Eles trocaram ameaças e tentaram se enfrentar, mas a ação foi impedida pelos agentes”, relatou Virgolino.

Calamidade
O Governo do Rio Grande do Norte prorrogou por mais 180 dias a situação de calamidade no sistema prisional do estado, que neste mês completa 2 anos de situação crítica. A renocação foi publicada na edição do dia 4 do Diário Oficial do Estado (DOE). Veja AQUI a íntegra do decreto.

Fugas de 2017 no sistema prisional do RN:

Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta: 56 presos em uma fuga

Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio, em Mossoró: Quatro fugitivos em duas fugas (1° de janeiro e 20 de março)

Penitenciária Estadual de Parnamirim, em Parnamirim: 14 fugitivos em 1 fuga (7 de janeiro);

Centro de Detenção Provisória da Zona Norte, em Natal: seis fugitivos em 1 fuga (3 de janeiro);

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here